A experiência do capitão Rafael Pereira

Postado em 25/08/2022
Rafael Pereira enfrentou o Grêmio em Itu

O Ituano lidera o 2º turno com 13 pontos e faz sua melhor campanha nesta fase da competição, comparando com as outras duas Séries B que disputou com esta fórmula de disputa. Com a experiência dos seus 37 anos, o capitão Rafael Pereira coloca os pés no chão ao ser questionado pela imprensa sobre o momento do time no Campeonato Brasileiro. “Sempre temos isso em mente, somar 44 ou 45 pontos para a nossa permanência. Esse é o nosso primeiro objetivo e isso vai vir ao natural. O que nós estamos fazendo em campo, e os resultados que estamos conseguindo no segundo turno. Nós temos um bom aproveitamento. Isso é fruto de um bom trabalho e uma proposta do professor Pimentel. Onde toda a equipe entendeu e conseguimos colocar dentro de campo. Vamos continuar trabalhando, manter nosso foco para o quanto antes conseguirmos atingirmos este primeiro objetivo” explicou o zagueiro e meio campo Rafael Pereira, que foi capitão em 19 dos 21 jogos que jogou na Série B.

Rafael Pereira chegou no início da temporada com um reforço do Ituano para a temporada. Vindo do Avaí, este catarinense de Rio do Sul começou o Campeonato Paulista no banco na partida de estreia. Já na segunda rodada foi titular e jogou os 90 minutos. E na 7ª rodada usou sua liderança pela primeira vez como capitão. No Paulista houve um rodízio com outros atletas. Na final do Troféu do Interior, o goleiro Pegorari levantou a taça, mas foi Rafael Pereira que fez um dos gols da conquista do título. Foi assim, aos poucos, com sabedoria que ele conquistou a liderança do elenco e mais uma vez explica na coletiva o momento do Ituano na Série B. “Estamos a 8 pontos da zona e 9 do G4. Vamos olhar jogo a jogo. Vamos agora enfrentar o Grêmio. Tentar trazer um bom resultado. Trazer ponto para casa. No decorrer das rodadas vamos analisando. Se estamos perto do G4 e se dá para chegar. Vamos tentar. Mas não podemos fugir do primeiro objetivo. Vamos ponto a ponto” afirmou Rafael Pereira.

Esta experiência e liderança serão importantes para o próximo compromisso do Ituano. Nesta sexta, o Galo de Itu vai jogar pela primeira vez na Arena do Grêmio. Neste Brasileiro, o Ituano tem jogado bem contra os grandes clubes que estão no G4. Empatou com o Vasco em São Januário, empatou com o líder Cruzeiro e o próprio Grêmio no Novelli Júnior. Venceu o Bahia em Itu, e perdeu para o Tricolor baiano em Salvador. “A gente sabe que será um jogo muito difícil. Não só pelo tamanho do Grêmio. Também é porque vamos jogar na Arena. Na Série B sabemos que todos os jogos são difíceis. Sabemos o que vamos enfrentar lá. Temos que estar preparados e não podemos fugir da nossa proposta de jogo, do nosso empenho e nossa determinação. Está dando certo. Temos que manter e nos dedicar ao máximo, jogarmos de igual para igual e trazermos um bom resultado de Porto Alegre” comentou Rafael Pereira que enfrentou o Grêmio no empate em 1x1 em Itu. Esta será a terceira vez que os dois clubes se enfrentarão. Na Série B 2005, o Ituano venceu o Grêmio por 2x0 em Porto Alegre, no estádio do Beira Rio. O Olímpico na época estava interditado.

Acaz Fellegger

Jornalista Mtb 19.426 SP

Miguel Schincariol

Fotógrafo

25/agosto

Patrocinadores:
Parceiros:
COPYRIGHT © 2022 - ITUANO FUTEBOL CLUBE. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.