Chegou o artilheiro Brenner

Postado em 07/09/2022

O oitavo e último reforço desta janela no final do 1º turno estreou em Recife. Brenner disputou a Série C pelo Remo de Belém quando recebeu o convite. “Nós não nos classificamos com o Remo. Eu estava em casa após a rescisão de contrato e esperando alguma possibilidade de jogar ainda nesta temporada. Recebi alguns convites e não vi com bons olhos, até que recebi uma chamada do Beto (executivo) perguntando se eu tinha interesse em jogar no Ituano. No nosso meio, o clube tem a boa fama de ser muito estruturado e organizado e um bom elenco que eu vinha acompanhando na Série B. Rapidamente acertamos os detalhes e estou muito feliz de estar aqui” explicou Brenner que só foi apresentado à imprensa após jogar 30 minutos contra o Náutico, entrando no segundo tempo. Chegou explicando como joga. “Sou centroavante. Estou sempre na área procurando fazer aquilo que eu tenho de melhor que é fazer os gols. Mas eu também consigo sair da área, venho ajudar, apoiar, armar as jogadas. Não fico sendo aquele atacante fixo na área. As vezes gosto de flutuar um pouco, mas quando a bola chega tenho que estar bem posicionado para marcar os gols”.  

Brenner é mato-grossense de Várzea Grande e começou na base do Juventude de Caxias do Sul. Foi vice-artilheiro do Campeonato Gaúcho em 2016 com 7 gols e no ano seguinte foi para o Internacional. Em 2017 marcou 13 gols em 26 jogos, seu melhor ano como artilheiro. Nesta temporada marcou 11 gols em 32 jogos pelo Remo. Foi artilheiro do Paraense deste ano com 6 gols em 13 jogos. Ele chega para substituir Rafael Elias, que fez 15 gols na temporada e 10 gols na atual Série B. “A responsabilidade é sempre grande. O Rafael Elias fez uma grande temporada. Até por isso recebeu uma boa proposta para sair. Com todos os méritos. Me sinto preparado. Estou trabalhando com o grupo há alguns dias e venho me entrosando cada vez mais com eles. Para quando eu tiver a oportunidade, que possa ir para campo, concluir e me sair bem” disse Brenner que parecido com o Rafael Elias também faz uma letra na comemoração do gol. “Eu faço um L em homenagem a minha filha Luna. E também gosto de fazer o sinal de matador, que é a função de quem joga ali na frente. Mas minha filha já pediu para eu fazer o L ao marcar o primeiro gol para ela”.

Faltando dez rodadas para terminar o Brasileiro Série B, o Ituano volta a campo no sábado pela manhã. Recebe o Tombense às 11 horas no Novelli Júnior. Brenner assim como outros atletas do elenco já viu como joga o clube mineiro. “Vai ser um jogo muito difícil. Eu acompanhei o último jogo deles contra o Bahia. Vi que é uma equipe que deu muito trabalho. Sabemos das dificuldades e vamos seguir trabalhando nesta semana cheia, ouvir o que o Pimentel vai nos passar. E assim no sábado fazermos um bom jogo e conseguirmos os três pontos” comentou Brenner que entrou aos 15 do segundo tempo contra o Náutico. No sábado será o seu primeiro jogo diante dos torcedores do Galo de Itu. Ainda faltam dois dias de treinos e para a definição do time pelo técnico Carlos Pimentel. Brenner já está preparado para iniciar a partida, caso seja escolhido. “Com certeza. Estou preparado. A gente trabalha para este momento. Pronto para ajudar. Desde quando cheguei tive alguns dias de treino. Fui para o primeiro jogo com o Náutico. Já se passaram mais de 10 dias e estou pronto” afirmou Brenner.

Acaz Fellegger

Jornalista Mtb 19.426 SP

Marlon Costa

Fotografia

7/setembro

Patrocinadores:
Parceiros:
COPYRIGHT © 2022 - ITUANO FUTEBOL CLUBE. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.