Empate gigante em São Januário

Postado em 20/07/2022

Jogando pela primeira vez em São Januário, que recebeu um público de 20 mil torcedores presentes, lotando totalmente as dependências do estádio do Vasco da Gama, o Ituano não se intimidou. Com novidades no time planejado por Carlos Pimentel, o Ituano foi superior no primeiro tempo chegando ao gol logo aos 15 minutos com Rafael Elias. Teve chance de ampliar. Quando foi ataque, o Vasco parou nas defesas do goleiro Filipe Costa. Apesar de toda a pressão da torcida vascaína que cantou o tempo todo, o Ituano seguiu bem na partida. Até num lance inusitado, sofreu o gol de empate. Mesmo deixando a vitória e os três pontos escaparem nos últimos dez minutos, a atuação e o resultado da partida inédita contra o Vasco em São Januário foi comemorado. “Nós tínhamos um planejamento de jogo. Conseguimos cumprir 90%. Apenas uma substituição não era prevista. São jogadores que estão muito imbuídos pelo resultado e em somar pontos. Entendem o momento, ainda mais de um jogo aqui em São Januário. Disse agora no vestiário para os atletas, vejo sempre a metade cheia do copo. O Ituano veio aqui e conquistou um ponto. Sobre o Filipe, ele fez três milagres no primeiro tempo. Se não fosse ele, talvez não estivéssemos nem lamentando este gol sofrido no final” comentou Carlos Pimentel. O Ituano encerrou o 1º turno com 20 pontos conquistados e na 16ª posição.

O jogo nos primeiros 45 minutos foi intenso e o Ituano não sentiu São Januário lotado. Foram 7 finalizações de cada time nesta primeira parte. Se o Vasco colocou duas bolas na trave e obrigou o goleiro Filipe Costa a realizar três grandes defesas, o Ituano foi cirúrgico nos contragolpes. O gol do Ituano saiu de uma chance desperdiçada pelo clube carioca. Kaio pegou a bola dentro da área e partiu em velocidade pela direita tocando para Caíque que percebendo Neto Berola pelo meio, fez o passe. Berola gira rapidamente para a esquerda e toca para Mário Sérgio que antes da chegada do marcador cruza para a finalização de Aylon. O goleiro vascaíno deu rebote e Rafael Elias fez o gol. “Deus me capacitou para fazer o que eu mais gosto. A atmosfera que fazem aqui é muito diferente. Fomos felizes em fazer o gol, tive frieza e tranquilidade e fico muito feliz em ajudar o Ituano. O gol é do grupo. Passamos por um momento adverso depois da saída do Mazola. Eles estão dando muito espaço nas costas e temos que aproveitar para matar o jogo” disse o artilheiro que chegou a 10 gols no ano, igualando a marca de 2013 quando Marcão também fez 10 gols na temporada. Aos 25 quase Rafael Elias aproveitou outro rebote após finalização de Neto Berola. Na segunda etapa as oportunidades diminuíram. O empate do Vasco saiu aos 32 minutos após escanteio cobrado por Nene, cabeceio à queima roupa de Quinteros. Filipe não conseguiu segurar e no rebote Raniel fez o gol.

Apesar do empate sofrido, o Ituano comemora mais uma boa atuação contra os 4 clubes grandes da Série B. Empatou com Vasco, Cruzeiro e Grêmio, e venceu o Bahia quando liderava a competição. Carlos Pimentel explica as consequências deste momento para o 2º turno que começa no sábado. “Isso é de fundamental importância até pela questão emocional. Quando você olha para o seu time no Z4, isso não é nenhum pouco agradável. Felizmente o Ituano termina o turno sem entrar nesta zona. Nosso foco agora é dobrar a pontuação, sabendo que temos um jogo a mais em casa. Na Série B você precisa pensar em 43 pontos. Vamos aproveitar o momento e o astral do ponto conquistado em São Januário contra o Vasco. Vamos reverter para três pontos no final de semana em casa” afirmou Pimentel. No returno as equipes repetem a mesma sequência de jogos do turno. Sendo assim, o Ituano estreia no 2º turno jogando no Novelli Júnior contra a Chapecoense, no sábado, às 19 horas. Disputando sua primeira Série B, Pimentel faz uma análise da competição e o que espera para a outra metade do campeonato. “Muita gente comentou que a Série B é um campeonato de defesa e quem se defende melhor conquista o título ou sobe. Entendo que este paradigma foi quebrado neste ano. Primeiro porque temos equipes da grandeza de um Vasco, e outras equipes estão jogando um futebol contemporâneo. Bem jogado e extremamente disputado. E ofensivamente. Vejo assim esta competição” finalizou.


Acaz Fellegger

Jornalista Mtb 19.426 SP

20/julho


Patrocinadores:
Parceiros:
COPYRIGHT © 2022 - ITUANO FUTEBOL CLUBE. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.