Faltou o gol contra o CSA

Postado em 17/04/2022

Depois de 6 anos o Ituano voltou a enfrentar o CSA de Maceió. Em 2016 foi na disputa das 4as de final da Série D. O clube alagoano foi melhor, venceu os dois jogos e conseguiu o acesso. Seguiu em frente e chegou até a Série A há 3 anos. O Ituano só foi subir para a Série C em 2019 e no ano passado finalmente retornou a Série B. Os dois clubes voltaram a se encontrar neste confronto válido pela segunda rodada do Brasileiro. Desta vez parte da história mudou e o Ituano foi melhor. A equipe do técnico Mazola foi mais uma vez intenso, criou mais oportunidades de gol e finalizou mais. Aliás, somente o Ituano finalizou no gol. O goleiro Marcelo Carré que foi o melhor em campo, na primeira etapa evitou o gol em quatro oportunidades. No segundo tempo as mudanças da equipe do CSA e a queda da temperatura tiraram o calor do jogo. Mesmo com o apoio do torcedor. Foi o segundo maior público do ano, somente inferior da partida contra o Corinthians. O Ituano mudou o cenário deste confronto, mas faltou o gol para confirmar a superioridade nos 90 minutos. Foi o segundo empate nesta Série B. O Ituano segue na posição intermediária da tabela. Na próxima semana terá o Vila Nova em casa. Jogo marcado para sábado, ás 19 horas.

Com a mesma formação da boa estreia contra a Chapecoense, o Ituano começou pressionando. Aos 15 minutos, Kaio cobrou escanteio curto para o lateral Mário Sérgio que cruzou com precisão para o cabeceio certeiro e com força. Foi a primeira defesa do Marcelo com rebote. Rafael Pereira pegou de primeira e quase fez. Logo depois, bola recuperada pelo Lucas Siqueira que fez o passe pelo meio para Kaio. De frente de dois marcadores, ameaçou tocar para a direita onde estava Aylon. Os marcadores deram espaço, e ele saiu pela esquerda para finalizar rasteiro, com nova defesa de Marcelo colocando para escanteio. Aos 38 Rafael Elias recebe passe de Siqueira, avança pela esquerda, deixa o marcador para trás e bate rasteiro, cruzado para o gol. Marcelo se estica todo e com a ponta dos dedos evita o gol colocando para escanteio. No último minuto foi a vez de Aylon finalizar de fora da área para nova defesa de Marcelo. Na segunda etapa o Ituano chegou com perigo em bolas aéreas. Uma Marcelo evitou o cabeceio do zagueiro Léo Santos. No último lance de jogo, Gerson Magrão cobrou falta e Bernardo só desviou. Nesta Marcelo fez golpe de vista e a bola raspou o poste. Nesta partida faltou o gol para o Ituano.    

 

Acaz Fellegger

Jornalista Mtb 19.426 SP

Paulo Pinto

Fotografia

17/abril

Patrocinadores:
Parceiros:
COPYRIGHT © 2022 - ITUANO FUTEBOL CLUBE. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.