Ituano é candidato ao acesso

Postado em 02/10/2022
Brenner faz o seu terceiro gol no Ituano

O jogo entre Ituano e CRB na noite de sábado no Novelli Júnior fechou a 32ª rodada. Um jogo que atraiu atenção de muita gente. Afinal são três vagas ainda abertas para o acesso a Série A. Com as derrotas de Bahia e Grêmio, e o empate do Vasco na rodada, os clubes do segundo bloco se aproximaram. O Londrina segurou o empate em São Januário, e Sport, Criciúma e Sampaio Corrêa venceram. Estes clubes estão próximos do Vasco e na disputa. O Ituano vencendo, ultrapassa todos os concorrentes e ficaria a dois pontos do 4º colocado. Se empatasse, cairia para a 10ª posição. O jogo com o CRB seria e foi um divisor de águas. Com gol de Brenner, o Ituano assumiu uma posição de destaque após o jogo. “Como comandante no vestiário sempre fui muito prudente. Sempre tive os pés no chão e de não passar euforia demais para os meus atletas. Já na nossa preleção eu disse para eles que estávamos num grupo de 5 clubes que depende de si para conseguir o acesso. Usei uma metáfora. O volante está nas nossas mãos e vamos para onde a gente quiser. Se não ganhássemos, voltaríamos para o banco de passageiro. E como passageiros, às vezes você não escolhe o seu caminho ou destino. Sim, posso dizer que com esta vitória, nós somos candidatos ao acesso” afirmou o técnico Carlos Pimentel que venceu o seu 10º jogo no comando do Ituano. O autor do gol da vitória comemorou. “Primeiramente, estou muito feliz em ajudar o Ituano com o gol. Já tinha falado nessa semana. Temos que sonhar e sabemos que temos a capacidade para subir e para brigar. Agora, só dependemos da gente. Até o final do campeonato, só dependemos da gente e é isso. Vamos trabalhar forte para, se Deus quiser, conseguir o acesso”, disse o atacante que marcou o gol da vitória do Ituano.

O Ituano buscou o gol logo aos dois minutos. Lucas Siqueira lançou Gabriel Barros que chutou de fora da área. Em outro lance, Caíque fez o passe para Aylon que partiu em velocidade e da entrada da área encheu o pé. Diogo fez a defesa. Em jogada pela esquerda, Léo Ceará levantou para a área e desta vez Aylon tentou o cabeceio. E nova defesa de Diogo. Aos 36, Léo Ceará pela direita lançou para Raí que foi a linha de fundo e cruzou rasteiro. A bola passou pela defesa e como último recurso, Brenner tentou de letra. A bola lambeu a trave. Antes do intervalo, o CRB assustou numa cobrança de falta com jogada ensaiada. Reginaldo bateu cruzado e a bola foi no poste. No início da etapa final, o lateral Roberto cobrou falta com muito perigo. O CRB respondeu com um cabeceio de Anselmo Ramon. E aos 16 saiu o gol que colocou o Ituano na disputa pelo acesso. O jovem Vinicius Paiva recuperou a bola na direita e soltou rapidamente para Caíque. Ele avançou, puxando a marcação e soltou um passe longo na direita para Vinicius Paiva que cruzou de primeira. Rasteira e com precisão para encontrar Brenner que também de primeira fez o gol da vitória. A partir daí o jogo ficou tenso, e o goleiro Jefferson Paulino garantiu o zero no placar pela 7ª vez em 10 jogos. “O jogo foi aberto e franco com duas equipes que têm formas semelhantes de jogar. No primeiro tempo, pelos números, o Ituano teve o domínio do jogo. O segundo tempo foi mais equilibrado, com o CRB adiantando sua marcação. Fomos felizes e eficazes, numa jogada que nós trabalhamos diariamente. Esta é a terceira vez que marcamos gol desta maneira. Depois recuamos e foi perigoso, pois o CRB é uma equipe qualificada. Nós não temos por hábito jogar desta maneira. Mas depois dos 20 minutos jogamos assim. Não conseguimos ampliar o placar. Mas tivemos competência no sistema defensivo para segurar o resultado. E temos muito que comemorar. Nós chegamos hoje a pontuação muito expressiva e muito significativa” comentou Pimentel.

Faltando 6 rodadas, o Ituano terá três jogos no Novelli Júnior contra o Guarani no próximo sábado. Sampaio Corrêa e Vasco na última rodada. Estes últimos adversários brigando pelo acesso. E mais três jogos fora contra o campeão Cruzeiro nesta próxima quarta no Mineirão. E Criciúma e Londrina, dois clubes que também estão na disputa pelo acesso. Com o primeiro objetivo atingido ao chegar aos 44 pontos na rodada anterior. E mais esta vitória que deixa o Ituano de lutar somente com seus resultados, sem depender de outros clubes, deixa o ambiente mais confiante. Mas com ressalvas. “Sim. O resultado traz uma leveza para os próximos jogos. Não por acaso hoje usei uma estrutura mais impositiva porque eu já tinha alcançado o primeiro objetivo com os 44 pontos. E isso repercute positivamente no vestiário e no dia a dia. O fato de tirar o peso não significa tirar responsabilidade. Aqui no Ituano a corda está sempre esticada. Se falássemos no início do campeonato que faltando 6 rodadas, o Ituano só dependesse dele para conseguir o acesso, poucos acreditariam. Esta corda aqui fica esticada no emocional e no racional. Falei agora para eles, tenha alegria, tenha o desejo da realização, tenha muita fé na nossa capacidade e onde podemos chegar. Mas, tomem cuidado porque a linha é muito tênue. Não podemos passar arrogância ou empolgação generalizada. Nosso passo será sempre dia a dia” mantém a serenidade o técnico Carlos Pimentel.

Acaz Fellegger

Jornalista Mtb 19.426 SP

Paulo Pinto

Fotografia

2/outubro

Patrocinadores:
Parceiros:
COPYRIGHT © 2022 - ITUANO FUTEBOL CLUBE. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.