Ituano é o melhor paulista da Série B

Postado em 23/10/2022
Vini Paiva marcou o gol da vitória conta o Sampaio Corrêa

Na rodada de três jogos de mata mata no confronto direto do campeonato de pontos corridos da Série B, o Ituano sobreviveu na disputa. Foram necessários 86 minutos de jogo, para que o jovem atacante Vinicius Paiva clareasse a jogada diante de três marcadores e marcasse o gol da vitória por 1x0 contra o Sampaio Corrêa. “A importância desta vitória é o cumprimento de metas e também da resiliência. Como havia falado, o Ituano teve três derrotas comigo. E sempre após a derrota, a equipe não deixou de dar o seu melhor. Às vezes não é a melhor técnica, como hoje não, mas não pode faltar esta vibração, essa doação e acreditar até o último minuto. Deixei muito claro para eles antes do jogo, que além dos três pontos, nosso objetivo era consolidar, e conseguimos, ser o melhor paulista de 2022 na Série B. Isto matematicamente ninguém nos tira. Nosso próximo passo é ser o campeão do 2º turno. É simbólico. Sim. Mas coroa todo o trabalho” comentou Carlos Pimentel. O Ituano chegou a 54 pontos e está na 5ª posição. O clube paulista mais próximo é o Guarani com 47 pontos, em 11º. Na disputa pelo acesso, o Bahia está em 4º com 58 pontos O Vasco venceu seu confronto direto e foi a 59 pontos. “São 4 pontos que podem virar um para a última rodada. Tem muita coisa aberta. Vamos trabalhar passo a passo. Sabemos da necessidade da vitória contra o Londrina. Primeiro para conseguirmos ser o melhor time do 2º turno” afirmou Pimentel. No returno o Ituano tem 34 pontos conquistados com 10 vitórias e 4 empates. O segundo colocado é o Cruzeiro com 30 pontos e o terceiro o Grêmio com 28 pontos.

O primeiro tempo no Novelli foi de um domínio do Ituano contra o Sampaio Corrêa. Porém somente com uma finalização ao gol do clube maranhense. Aos 12, Lucas Nathan recebeu na esquerda, tabelou com Aylon, e recebeu já dentro da área para finalizar. O goleiro colocou pela linha de fundo. “No intervalo eu falei que tivemos 60% de posse de bola, mas não tivemos efetividade. Foi uma posse de bola inerte. A bola ficou circulando de um lado para o outro. Cada atleta dando três, quatro toques na bola antes de fazer o passe. A fluidez do jogo não pode ser essa. O relógio vai passando e ninguém machuca ninguém. Quero ter a bola, mas tem que ser efetivo. Tem que encurralar o adversário e oferecer perigo. No segundo tempo nós conseguimos algumas finalizações. Não foi um grande dia técnico da nossa equipe, mas foi um dia de muita determinação em busca pelo resultado”. Antes do gol faltando 4 minutos para terminar, o Ituano teve duas boas chances de marcar com Gabriel Barros. Aos 25 ele recebeu na direita, tirou o marcador da frente e bateu rasteiro de fora da área. Em outro lance aos 38, Kaio cobra falta para a área, Chrigor toca para Gabriel Barros que finaliza de primeira, no canto, para grande defesa do goleiro Luís Daniel. Três minutos depois, Gabriel Barros cruza da direita, a defesa tira de cabeça, Lucas Siqueira se antecipa e devolve para Vinicius Paiva dentro da área. Ele domina, vê três marcadores na sua frente. Ágil e rápido, puxa para a direita e bate cruzado, no canto oposto do goleiro.       

Vinicius Paiva tem 21 anos e foi revelado na base do Vasco. Ele veio emprestado para a Série B a partir da janela no início do returno. Sempre entrando no segundo tempo, já tinha feito duas assistências. Agora no seu jogo 9, marcou o gol que mantém o Ituano na disputa pelo acesso. “Estou muito feliz pelo gol e principalmente pela vitória que nos deixa vivos na briga pelo acesso. Pedi muito para Deus este momento. Foi emocionante! ” contou ao final do jogo Vinicius Paiva. A disputa pelo acesso segue para quatro clubes fora do G4. Mesmo sendo o 5º colocado, o Ituano mantém sempre o foco do próximo compromisso. Novamente um confronto direto. Contra o Londrina, 6º colocado com 53 pontos, no estádio do Café na próxima sexta. “A cabeça dos nossos jogadores é a mesma desde que atingimos a primeira meta dos 44 pontos. Este grupo é muito ´pé no chão´. A serenidade parte de mim, mas reverbera neles. Em nenhum momento, ainda que tivesse um calor externo de euforia, ele é justo, pela ansiedade. Aqui dentro sempre se pensou no próximo jogo. Não pode ser diferente. Aqui são montados os planos com o feedback do que aconteceu no jogo e no campo e das estratégias que vem no próximo adversário. Não podemos perder o foco do próximo jogo” afirmou Pimentel. 


Acaz Fellegger

Jornalista Mtb 19.426 SP

Fernando Roberto

Fotografo

23/outubro

Patrocinadores:
Parceiros:
COPYRIGHT © 2022 - ITUANO FUTEBOL CLUBE. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.