Missão deste sábado: vencer a Tombense

Postado em 09/09/2022

Há quatro rodadas o Ituano figura na parte de cima da classificação da Série B. Após a vitória contra o Novorizontino, o time subiu para a 10ª posição. Chegou na 7ª posição ao vencer o Grêmio em Porto Alegre na rodada seguinte. Ao término da última rodada, ao perder para o Náutico voltou para o 10º lugar. Para se manter na parte de cima da tabela o Ituano deve vencer o Tombense neste sábado pela manhã. “A importância da resiliência. Desde que assumi o time, nós tivemos duas derrotas. Perdemos para o Bahia lá e agora para o Náutico. E no jogo seguinte nós demos a resposta. Essa resiliência continua sendo fundamental. A nossa classificação no campeonato é uma consequência disso. Aqui dentro temos o pé no chão sempre. Vamos buscar sempre os três pontos. Temos que ser competentes porquê do lado de lá vem uma grande equipe sem peso como foram estes dois últimos jogos. A Tombense não vem com peso nenhum. A obrigação é do Ituano de se impor porque joga em casa, do lugar que está adaptado e que possamos dar a resposta positiva o mais rápido possível. A derrota sempre traz um incomodo, porque nós nos cobramos. Que venha logo estes três pontos para atingirmos o nosso objetivo dos 44 pontos” explicou o técnico Carlos Pimentel que reconhece um cenário diferente dos últimos dois jogos quando a equipe não venceu. “O jogo contra a Tombense será diferente do que foi contra o Náutico e o Operário que são times que jogam com uma linha baixa, um futebol reativo. Entendendo o momento que eles passam. O oposto acontece com a Tombense. Então provavelmente nós teremos um jogo bastante propositivo dos dois lados. No que pese o horário da partida e a temperatura que estará”. O jogo está marcado para as 11 horas e a temperatura prevista para este horário é de 30 graus.

Pimentel teve uma semana para trabalhar. E também para entrosar os últimos reforços que chegaram nesta janela. O atacante Brenner estreou na última partida em Recife. “Brenner é um jogador com uma carreira impactante. Por onde passou fez gols. No Remo também estava `performando´ muito bem. É um jogador que conhece a função de um 9 de referência. Ele foi para o jogo em Recife e teve algumas boas ações, apesar dos poucos minutos. Tivemos uma semana cheia de trabalho para que pudéssemos passar para ele nossa maneira de jogar e o jeito dele de jogar. Essa liga entre os jogadores é muito importante. Um olhar, um movimento, e reconhecer os sinais que um jogador dá para o outro durante a partida. Esse é o processo que estamos buscando acelerar. Ele tem chances sim de jogar, assim como o Aylon e o Chrigor”. Outro reforço que estreou e tem agradado é o jovem Vinicius Paiva de 21 anos, emprestado pelo Vasco. “O Vini Paiva é um jogador que tem uma característica muito peculiar. De um para um além da intensidade. Ele gosta de buscar o drible fácil, direcionado a frente, de fixar no adversário. É um jogador que traz uma riqueza para o nosso jogo. Nós gostamos de dois pontas abertos. Ter este tipo de jogador no elenco e nós temos. Também com o Barros, Léo Ceará, Jaú e com o João. Vamos lembrar que destes cinco jogadores, quatro estão conosco há menos de um mês que vieram nesta janela. Eles estão no processo de adaptação” explicou Carlos Pimentel. Ituano e Tombense fizeram a final da Série C no ano passado. Houve empate em Tombos e no Novelli o Ituano conquistou o título ao vencer por 3x0. No turno desta Série B, o Tombense venceu de virada em Muriaé por 2x1. Este será o 6º confronto entre os dois clubes desde 2020.

Acaz Fellegger

Jornalista Mtb 19.426 SP

Miguel Schincariol

Fotografia

9/setembro

Patrocinadores:
Parceiros:
COPYRIGHT © 2022 - ITUANO FUTEBOL CLUBE. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.