No duelo paulista, Ituano vence o Guarani e segue na disputa

Postado em 09/10/2022
Dudu marcou seu primeiro gol pelo Ituano

Ituano e Guarani têm semelhanças em suas histórias e se enfrentaram no Novelli Júnior com objetivos diferentes dentro da Série B. Os dois clubes do interior paulista já conquistaram dois títulos Brasileiros e tiveram uma performance distintas na atual competição. O Guarani depois de passar o turno na parte debaixo da tabela, melhorou e veio a Itu com 4 vitórias seguidas. Precisando ainda dos 3 pontos para se garantir na próxima Série B. Já o Ituano liderou boa parte do 2º turno e vem de 5 jogos sem perder e brigando para entrar no G4. Para completar, na última rodada o time campineiro jogou na segunda em casa, enquanto o Ituano jogou na quarta em Belo Horizonte contra o Cruzeiro, atual campeão, no seu jogo de comemoração pela conquista. Mais uma vez o Ituano se superou e venceu o Guarani por 2x1. “Nós tivemos uma semana com três jogos em 7 dias. Contra equipes onde o desgaste não é só físico. Primeiro tivemos o CRB, depois o Cruzeiro com todo o contexto levado para o Mineirão, e depois de 66 horas tivemos a partida com o Guarani. Que além de todas as virtudes de sua equipe e de seu treinador, tinha 5 dias de descanso. Ainda fiquei ausente durante a semana inteira por causa da minha qualificação profissional. Tivemos todo um comprometimento de toda uma comissão técnica e dos jogadores de aceitar esta situação, como também corresponder com tudo que foi pedido mesmo que a distância. Então o desempenho não é só o que vimos dentro de campo, mas também no extracampo. Abrindo mão de muitas coisas em pró do coletivo do Ituano” comentou Carlos Pimentel que chegou a Itu na parte da tarde, vindo da conclusão do seu curso na CBF. A vitória coloca o Ituano na 6ª posição, e segue atrás do Vasco, que tem 4 pontos à frente.

O jogo começou equilibrado com poucas chances claras de gol. Na primeira grande oportunidade, Gabriel Barros fez mais um. Kaio levantou da esquerda para a área, Lucas Siqueira disputou pelo alto e de cabeça tocou para Gabriel Barros que de voleio fez o gol. Foi o segundo gol seguido marcado como oportunismo. “Gabriel Barros é um garoto da casa. Ele reúne muita qualidade individual. Ele está aprendendo a colocar a individualidade dele em pró de um jogo mais coletivo. Ele está amadurecendo para se tornar um jogador mais completo, regular e mais decisivo”, elogiou o treinador Pimentel. Embora tivesse mais posse de bola, o Guarani só ameaçou num único chute de fora da área de Diogo Mateus para a defesa segura de Jefferson. Antes do intervalo, Roberto recebeu sozinho pela esquerda e soltou uma bomba que raspou o poste. O Guarani tocava a bola em busca do empate. Aos 18 da segunda etapa, após cruzamento de Yago pela direita, a bola toca no travessão, volta para o meio da área, muita disputa pela bola até que Yuri rolou para Lucas Ramon acertar uma tacada de sinuca no canto para empatar. Com o empate, foi a vez do Ituano reagir em busca da vitória. Novamente Roberto fez a jogada perigosa e de pé direito finalizou da entrada da área. Novamente a bola passou perto. Em outro lance, Léo Ceará bateu colocado para grande defesa de Kozlinski. Até que faltando 5 minutos veio o gol da vitória. Raí coloca a bola na área com arremesso lateral, a defesa bugrina tira e Dudu ajeita na coxa e bate antes da bola cair no gramado. Um golaço! “Eu agradeço a Deus por essa oportunidade do gol. Ele tem sido maravilhoso comigo. Agradeço aos meus amigos e companheiros. É um gol que nos ajuda muito. Nós temos trabalhado firme e forte e vamos passo a passo” falou emocionado Dudu Vieira que marcou seu primeiro gol pelo Ituano.

Ao término da partida, houve uma sinergia entre os torcedores e jogadores que foram comemorar a importante vitória. Os dois lados agradecem pelo resultado positivo e pelo apoio. Os 3.286 torcedores significaram o terceiro maior público do Novelli nesta Série B. Outro momento de alegria foi o apoio de todo o elenco manifestando ao Dudu Vieira na saída do gramado. Carlos Pimentel explicou. “Nós fomos muito felizes nas escolhas de quem entraram. Faço questão de destacar aqui o Dudu Vieira. Tem coisa que vale mais que os três pontos. Que é a gestão de pessoas. Aqui temos gente cuidando de gente. O Dudu é o maior prêmio tanto para este elenco como para seu treinador. Tanto ele como nós, nunca abrimos mão um do outro. Ele foi muito feliz e nos agraciou com o gol da vitória”. Faltam 4 jogos para terminar a Série B. O Ituano está na disputa pelo acesso. “Nós temos quatro jogos decisivos e confrontos diretos. Criciúma fora, Sampaio em casa, Londrina fora e o Vasco aqui. Assim como o Vasco também tem 4 confrontos. Esta diferença de 4 pontos que continua por causa da vitória do Vasco, ela se abrevia pelo confronto direto na última rodada. Está tudo em aberto”. Com a 13ª vitória na competição, o Ituano chega a 51 pontos. Recorde de pontos do clube em 19 Campeonato Brasileiros disputados. Números e marcas são interessantes, mas o Ituano tem outro objetivo mais interessante neste mês final de Série B.


Acaz Fellegger

Jornalista Mtb 19.426 SP

Miguel Schincariol

Fotografo

09/outubro

Patrocinadores:
Parceiros:
COPYRIGHT © 2022 - ITUANO FUTEBOL CLUBE. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.