O dedicado Caíque

Postado em 16/06/2022

O meio campo Caíque chegou junto com os outros dois reforços para o início da Série B. Mas sua estreia demorou um pouco para acontecer. Dudu Vieira estreou logo na primeira rodada e Chrigor na 6ª rodada. O jogador alto e forte na marcação vindo do Água Santa, só estreou na 8ª rodada, há menos de um mês. “Eu sabia que tinha jogadores na minha posição completamente ambientados ao modelo do Mazola. Cheguei quieto, procurei trabalhar para conquistar o meu espaço. Graças a Deus tive minha primeira oportunidade e agora estou tendo uma sequência com o time” explicou com tranquilidade este atleta nascido em Guarulhos há 24 anos. “Tenho que manter o que estou fazendo e procurar evoluir a cada jogo. Mostrando no dia a dia, inclusive nos treinos para continuar merecendo a sequência de jogos” afirmou Caíque.

O setor de marcação no meio campo é recheado de atletas competitivos e que se alternam. Como titulares, ou entrando no decorrer da partida. Rafael Pereira e Jimenez jogaram 9 partidas na competição. E Lucas Siqueira fez 11 dos 12 jogos. “A disputa é sadia, desde quando cheguei. O ‘professor´ falou que não havia titular. Iria jogar quem estivesse melhor. E isto está acontecendo. Quem está melhor está jogando. Inclusive nos treinamentos a disputa é bem sadia” comentou Caíque que foi titular nos últimos três jogos. “No futebol não se permite acomodação. Todos os jogos têm pressão. Quem está ganhando sempre será bem visto. No dia a dia procuro evoluir. O Mazola passa muita confiança. Nos outros jogos estávamos jogando bem, mas a bola não estava entrando. Neste jogo em Brusque finalmente o resultado veio” citou a reabilitação da última rodada.

A primeira partida de Caíque foi na derrota de virada contra o Operário em Ponta Grossa. Depois veio a sequência negativa de 6 jogos sem vitória, quebrada no último final de semana. “Mesmo com as derrotas o clima não era ruim. É um grupo unido que estava lutando para sair desta sequência negativa. Infelizmente eram detalhes. Estávamos cometendo alguns erros, não podemos fugir disso. Quando deixaram de acontecer estes erros o resultado viria. Foi o que aconteceu agora” lembrou Caíque que aproveita para falar sobre seu jeito de jogar. “Minha característica é achar o espaço. Tenho uma boa marcação também. Tenho evoluído também com os treinamentos. Fazendo bons passes e rompendo as linhas o que ajuda na construção do time”. Nesta Série B, os seus companheiros na posição já participaram do gol. Lucas Siqueira e Jimenez já marcaram um gol e Rafael Pereira fez uma assistência. Com sorriso no rosto, Caíque responde. “Vou procurar fazer o gol. Quem sabe, se eu estiver um pouco mais lá na frente vou experimentar dar os meus chutes também. Quem sabe possa fazer meu gol também”. Ituano volta a campo nesta sexta à noite, em Maceió, contra o CRB.

Acaz Fellegger

Jornalista Mtb 19.426 SP

Beno Kuster Nunes

Fotografia

16/junho

Patrocinadores:
Parceiros:
COPYRIGHT © 2022 - ITUANO FUTEBOL CLUBE. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.