O Ituano venceu o Vila Nova e está no G4

Postado em 24/04/2022

Nas duas primeiras rodadas o Ituano foi o clube que mais finalizou entre os 20 clubes da Série B. Foram 32 finalizações no total. Ao final do último jogo todos afirmaram que faltou o gol após o empate com o CSA. Na terceira partida da competição a realidade é a mesma. Contra o Vila Nova, o Ituano seguiu jogando bem, e finalizando mais. Foram 14 finalizações e 5 no alvo. Mas, desta vez os gols aconteceram. “Aquilo que falamos antes. É trabalho com sequência. Eles já provaram que colocam a bola para dentro. No Campeonato Paulista que também tem um bom nível, fizeram o melhor ataque na primeira fase junto com Corinthians e Red Bull Bragantino. Mesmo depois de ser eliminado pelo Palmeiras, o time marcou 5 gols em dois jogos. Era uma questão de tempo e de adaptação a competição. A maioria dos nossos atacantes não tinham jogado esta competição. O importante é que a equipe voltou a jogar bem e naquele ritmo que nós estamos habituados e soube superar o último jogo aqui em casa. Que nós jogamos bem e não fizemos o gol. Hoje marcamos três!” Lembrou o técnico Mazola Júnior. O Ituano venceu por 3x1 o clube goiano e assumiu a segunda colocação na classificação geral com 5 pontos e saldo positivo de dois gols. Chapecoense e Sport Recife, próximo adversário também estão com 5 pontos. O Bahia, adversário na próxima sexta é o líder com 7 pontos.

A primeira finalização aconteceu com 32 segundos. Aylon fez o cruzamento para o cabeceio de Lucas Siqueira. Depois foram mais duas finalizações de Kaio. Uma bateu no zagueiro e outra o goleiro deu rebote. O Ituano pressionava com Rafael Elias e o goleiro Georgemy perdeu a bola e no chão segurou as pernas do atacante. O árbitro Dênis da Silva marcou o pênalti e deu o cartão amarelo. O VAR chamou a arbitragem e o amarelo foi trocado pelo vermelho. Cinco minutos depois Rafael Elias cobrou o pênalti com categoria e abriu o placar. Antes do intervalo veio o segundo gol. Passe preciso de Rafael Almeida no meio da defesa do Vila Nova para Rafael Elias que dominou e bateu de pé direito no ângulo. Sétimo gol do artilheiro na temporada. "Sabíamos que seria um jogo difícil. O Mazola pede que a gente pressione na primeira linha e fui feliz no primeiro gol. Agora é manter o ritmo para o segundo tempo, e se puder marcar três ou quatro. E esse gol é para a minha esposa, que está grávida", disse o artilheiro do Galo. O terceiro gol saiu logo no início da segunda etapa. Mário Sérgio finalizou de fora da área, a bola desviou no zagueiro e quase enganou o goleiro. Na cobrança de escanteio, após bate e rebate, Léo Santos tocou de calcanhar para trás e Aylon pegou de primeira para ampliar o placar. "A gente conquistou o resultado, que foi o mais importante. Os dois gols no primeiro tempo nos deram a tranquilidade. E no segundo tempo viemos com a intenção de matar o jogo logo, o que aconteceu. O importante é que conquistamos nossa primeira vitória no campeonato", disse Aylon que marcou o seu 2o gol na Série B.

O Vila Nova conseguiu diminuir aos 20 com Gabriel Amorim, mas não chegou ameaçar a primeira vitória do Ituano que quase fez o quarto gol nos acréscimos. Calyson que entrou no segundo tempo, e sem marcação, chutou forte para o gol. O goleiro Pedro se esforçou para espalmar e evitar o gol. Primeira vitória do Ituano na Série B usando a mesma formação nas três rodadas. Mazola valoriza esta oportunidade, mas faz o alerta. “Isso está sendo importante. Deu encaixe. No Campeonato Paulista fomos prejudicados por vários fatores. Depois na metade do Paulista começamos a trabalhar com uma mesma base. O time estabilizou. Mas temos que ter calma porque sabemos que neste campeonato do jeito que é não vamos conseguir repetir a mesma equipe em todos os jogos” explicou Mazola já prevendo dificuldades para esta semana com dois jogos. Terça em Recife com o Sport e na sexta com o Bahia no Novelli Júnior. “Será jogo duro e jogo grande. O Sport é candidato forte ao acesso. O Sport na Série B sempre será muito forte. Ainda bem que o jogo na Ilha será no meio de semana e talvez não tenha um apelo popular muito grande. O estádio lotado influencia muito no jogo. Já observamos o jogo deles contra o Criciúma. Vamos lá como vamos em todos os jogos fora. Vamos para discutir o resultado em Recife” afirmou Mazola que trabalhou no Sport e conseguiu o acesso para a Série A no time pernambucano em 2011. Justamente contra o Vila Nova em Goiânia.

Acaz Fellegger

Jornalista Mtb 19.426 SP

Paulo Pinto

Fotografia

24/abril

Patrocinadores:
Parceiros:
COPYRIGHT © 2022 - ITUANO FUTEBOL CLUBE. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.