Pacheco sempre presente nos momentos importantes do Ituano

Postado em 01/06/2022

O lateral direito Pacheco é o segundo atleta mais antigo do atual elenco do Ituano. E o segundo que mais jogou com 125 partidas desde 2015 quando estreou no clube. A informação é ainda mais valorizada porque o recordista de jogos e tempo é o zagueiro Léo Santos que nasceu em Itu e começou na base aos 16 anos. Assim como o cidadão ituano Léo Santos, Pacheco gosta da cidade e do clube. “Me sinto em casa. Sempre agradeço ao clube desde que retornei ao Ituano. Já conseguimos dois acessos no Brasileiro e vamos nos manter na Série B fazendo uma boa campanha” lembro Pacheco que nasceu em Campinas e retornou para o acesso em 2019. Pacheco jogou 10 dos 14 jogos da campanha na Série D e fez duas assistências. Inclusive na semifinal contra o Brusque. E no acesso do ano passado, ele jogou 19 dos 26 jogos da campanha, já sob o comando do técnico Mazola. Fez assistência na estreia da 2ª fase em João Pessoa, na vitória contra o Botafogo. Experiente, Pacheco sabe que as cobranças para melhores resultados surtem efeitos positivos. “O Mazola está cobrando bastante. Porque nosso time é um dos que mais cria, mas estamos fazendo poucos gols. É o jeito dele e tem que cobrar mesmo” afirmou Pacheco que no próximo domingo completa 32 anos.

O próximo compromisso do Ituano no Brasileiro Série B será contra o Tombense em Minas Gerais. A delegação já viaja nesta quinta a tarde para o Rio de Janeiro onde treina na sexta. A tarde segue viagem para Muriaé. “Jogo difícil contra o Tombense, mesmo não sendo em Tombos. Melhorou a logística um pouco. Antes era mais difícil. Estamos treinando a semana toda e estaremos prontos para este desafio” contou Pacheco que enfrentou o Tombense nos dois jogos finais do ano passado com o estádio cheio. Com o jogo em Muriaé, num estádio maior, a tendência é que o público seja pequeno. “Para mim não influencia nada. Eu particularmente gosto de jogar com estádio cheio. Gosto de torcida gritando. Gosto de jogar jogo assim. Para mim, quanto mais cheio é melhor. Vamos em busca do nosso objetivo que é a vitória sempre” afirmou Pacheco que na última partida evitou o gol do Náutico nos acréscimos. Agora ele quer ser importante em outra função. Dando passe para o gol. “Treino bastante para isso e quando eu tiver a oportunidade vou fazer assistência” disse Pacheco que tem 8 assistências pelo Ituano. Ele costuma fazer nos momentos mais importantes da competição.

 

Acaz Fellegger

Jornalista Mtb 19.426 SP

Fernando Roberto

Fotografo

1/junho

Patrocinadores:
Parceiros:
COPYRIGHT © 2022 - ITUANO FUTEBOL CLUBE. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.