Primeira meta atingida na Série B

Postado em 25/09/2022

Ao retornar ao Brasileiro Série B após 15 anos, a preocupação de todos no Ituano era fazer um campeonato sem sustos. Em 31 rodadas o time nunca pisou no Z4. Esteve na 16ª posição em 5 rodadas no turno. Assim como esteve em 4º após a 3ª rodada, na vitória contra o Vila Nova. Se no primeiro turno fez 20 pontos, no segundo turno, o Ituano fez 24 pontos com aproveitamento de 66%. A vitória na manhã deste sábado por 2x0 contra o Brusque, com gols de Brenner e Aylon, garante o Ituano na Série B do ano que vem. O time atingiu os 44 pontos conquistados com 11 vitórias. “O Ituano atinge a primeira meta que é permanência na Série B de 2023. E vamos continuar perseguindo nossos objetivos. O mais claro é sempre de três pontos na próxima partida. Depois da primeira meta, nós já nos manifestamos que desejamos ser o melhor clube paulista na competição. Estamos disputando cabeça a cabeça com a Ponte Preta. E sempre com o foco no próximo adversário” explicou Carlos Pimentel que assumiu o time na 18ª rodada. Após 32 rodadas, o Ituano é o melhor clube paulista da competição. Tem um ponto à frente da Ponte Preta. Faltam 7 rodadas para o término da competição. O Ituano ainda fará quatro jogos no Novelli Júnior. No próximo sábado contra o CRB, depois recebe Guarani, Sampaio Corrêa e fecha a competição recebendo o Vasco na última rodada. 

Com sol e temperatura agradável, a partida começou com emoções. No primeiro ataque do Brusque, finalização em diagonal para importante defesa de Jefferson Paulino. A resposta do Ituano foi rápida. Léo Ceará recuperou a bola pela direita, partiu em velocidade, viu a chegada de Brenner na área e cruzou rasteiro para a finalização certeira. “Estou feliz de ter feito esse gol. Os 11 dias foram bons para trabalhar. Fui feliz em chutar bem e ajudar a minha equipe” disse Brenner que marcou seu segundo gol em 4 jogos. Realmente a semana cheia foi importante. Carlos Pimentel explicou após o jogo. “Fizemos o gol muito rapidamente, em jogada de funil, como definimos. Uma bola por baixo na linha de fundo, em cruzamento por baixo porque sabíamos que o Brenner estaria ali. Isso porque foi trabalhado durante a semana. Nós sabíamos também que os zagueiros afundariam dentro da área para proteger o gol. E fomos felizes”. Na sequência, em jogada parecida, quase o segundo gol do Ituano. Raí Ramos recebe de Léo Ceará que faz o cruzamento pelo alto buscando o cabeceio de Brenner. Depois deste lance, foi o Brusque que criou as melhores oportunidades de gol com Jefferson Paulino evitando o empate. A melhor foi aos 22 minutos após cabeceio à queima roupa de Crislan.

No intervalo, Pimentel primeiro mudou a forma de jogar e depois fez as alterações que determinaram o segundo gol e a vitória. “Nós tivemos muitas dificuldades sim. Tanto que eu disse para eles que foi, provavelmente, o nosso pior tempo desde que assumi o time. E nós também demos a solução mudando a estrutura de jogo e mudamos para losango. Nós utilizamos pela primeira vez em jogo, mas que já foi treinada. Cada jogo tem sua história e pede seu contexto. A partir daí conseguimos anular o Brusque. Conseguimos solidificar nosso meio campo e com as trocas ganhamos intensidade. Pelo primeiro tempo, o Brusque foi melhor. No segundo tempo, o Ituano foi melhor. No cômputo do jogo o Ituano foi melhor, placar de 2x0” analisou Carlos Pimentel. O segundo gol saiu aos 40 minutos através de três atletas que entraram. Lucas Nathan, na direita, faz um passe preciso em profundidade para o Vinicius Paiva, que após jogada individual, olha a chegada de Aylon que completa para o gol. “Estou feliz pelo gol e pela meta atingida. Todos entraram bem e temos um grupo forte. Agora é procurar novas metas. Temos mais um jogo em casa. Vamos tentar entrar no G-4. Temos confrontos diretos contra Londrina e Vasco. É jogo a jogo” explicou Aylon. “Se eu falar que dá para chegar ao G4 não estou mantendo os pés no chão. Temos que trabalhar para ganhar do CRB porque temos condições. Depois vamos pensar no próximo jogo que será o Cruzeiro. E assim sucessivamente em cada um dos nossos adversários. Pés no chão é a gente buscar os 47 pontos no próximo sábado” lembrou Pimentel.

Acaz Fellegger

Jornalista Mtb 19.426 SP

Paulo Pinto

Fotógrafo

25/setembro

Patrocinadores:
Parceiros:
COPYRIGHT © 2022 - ITUANO FUTEBOL CLUBE. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.