Raí Ramos e as soluções

Postado em 22/09/2022

No final do 1º turno, o Ituano perdeu seus dois laterais direitos. Primeiro o Pacheco e na sequência Cordoba. Ambos lesionados. Nas últimas três rodadas utilizou Kaio deslocado para a posição e promoveu a estreia do jovem Madison que ficou dois jogos no banco. O executivo Beto Souza agiu rápido e trouxe a solução de Portugal. Raí Ramos, 28 anos, e que tinha jogado a temporada 2021/22 no Varzim de Portugal. Ele chegou, vestiu a camisa e jogou 10 dos 11 jogos do segundo turno. “É uma honra estar vestindo esta camisa. Assim que recebi o convite logo aceitei. Graças a Deus estou tendo uma sequência muito boa. O entrosamento foi muito fácil. Todos me receberam muito bem. Da diretoria, comissão técnica e os jogadores. Tudo isso facilita para que dentro do campo eu possa ter o rendimento esperado e ajudar o time da melhor forma possível” agradeceu. Raí Ramos que tem feito cruzamentos perigosos e sido uma alternativa para as jogadas ofensivas pelo lado esquerdo. Contra o Sport, na vitória no Novelli, ele já fez uma assistência. “Nós estamos mantendo uma regularidade no campeonato. Tem sido um trabalho muito bom em conjunto com a comissão técnica e jogadores. Tudo isso está gerando frutos dentro de campo. Espero continuar neste crescente e seguir evoluindo cada vez mais” disse este sul-mato-grossense de Japorã.

Neste sábado pela manhã no Novelli Júnior, o Ituano receberá o Brusque com o objetivo bem definido. “Será um jogo muito importante para nossas pretensões. Estamos trabalhando em cima das informações sobre o adversário. É um jogo chave para nós atingirmos nossa primeira meta. Vamos entrar com tudo neste jogo para conseguirmos o resultado positivo e logo alcançar os 44 pontos. Depois vamos em busca de novas metas” lembrou Raí que também reconhece as dificuldades de enfrentar times que estão no Z4. “A gente sabe que os jogos na série B são todos complicados. Desde contra quem briga lá em cima, como contra aqueles times que estão brigando lá embaixo. Vamos entrar sempre com seriedade, entregar o nosso melhor, aplicar nossa maneira de jogar, pois assim temos mais chances de alcançar o resultado positivo”. A outra dificuldade na partida será o horário do jogo. “Esse jogo das 11 horas é complicado para nós. Faz parte. Temos que nos adaptar da melhor maneira possível. A comissão técnica tem feito um trabalho exemplar. Tem nos passado treinos que facilita a adaptação mais rápida neste horário. Tem a parte da alimentação, nutrição e fisiologia do clube. E dentro do campo temos que ser inteligentes. Procurar ficar mais com a bola, pois assim, gera um desgaste menor jogando neste horário e conseguir suportar” afirmou Raí Ramos falando das soluções.

Acaz Fellegger

Jornalista Mtb 19.426 SP

Miguel Schincariol

Fotografia

22/setembro

Patrocinadores:
Parceiros:
COPYRIGHT © 2022 - ITUANO FUTEBOL CLUBE. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.